Umberto Eco desbanca John Green


O grande feito da semana foi o livro de Umberto Eco, Número zero (Record), que alcançou o primeiro lugar nalista de ficção, com 3.248 exemplares, desbancando Cidades de papel (Intrínseca) que estava há oito semanas liderando a lista de ficção. O livro de John Green está nas listas anuais de mais vendidos desde 2013, e já vendeu 281.745 exemplares. Jardim secreto (Sextante) retomou o primeiro lugar na lista geral, por exatos 167 exemplares. O livro vendeu 6.977 e Não se iluda, não (Intrínseca), 6.810. Na semana passada, foi o irmão, nessa A princesinha de Vader (Aleph) conquistou a lista de ficção com 484 exemplares. Com isso, a editora Aleph, colocou os dois livros ilustrados na lista. Darth Vader e filho já estava na lista desde a última semana e subiu para o oitavo lugar. Outra novidade na lista de não ficção, foi o livro da economista Miriam Leitão, História do futuro (Intrínseca), que ficou em 11º lugar, com 1.426 exemplares vendidos. No ranking semanal das editoras, Sextante continua isolada, com 19 títulos, seguida do Grupo Companhia das Letras, com 12, e Intrínseca, 10. Na quarta colocação, empatadas, vem a Ediouro e Saraiva, com nove.

Fonte: Publishnews.

Comentários