Cartas do Inferno | Resenha do livro


Cartas do Inferno ou The Screwtape Letters é um livreto, digamos assim, do genial C. S. Lewis. O li em formato digital, o qual possui algumas cartas de um diabo ao seu sobrinho, Wormwood, seu aprendiz que está em uma missão. As cartas são conselhos para um jovem demônio, que o ensina como ele deve proceder para fazer que o seu 'paciente' se desvie da sua fé recém confessada.

Screwtape, o tio, dá conselhos ao seu 'amado' sobrinho de como fazer ele (o paciente) se afastar do Inimigo (Screwtape trata assim de Inimigo referindo-se a Deus) com situações diárias, no qual serve para nós cristãos como um vislumbre de como podemos nos defender desses ataques incessantes vindo das profundezas do inferno. Lewis, para quem não sabe ainda, foi um escritor muito importante para o cristianismo, além de escrever ficção, como As Crônicas de Nárnia e Trilogia Espacial, ele escreveu livros que até hoje são muito importantes para quem quer se aprofundar na vida cristã. As cartas de Screwtape foram publicadas em colunas do Guardian (jornal agora extinto) no qual se originou anos mais tarde em um livro de poucas páginas.

Comentários