Sherlock Holmes em: Um estudo em vermelho | Resenha do Livro

Autor: Arthur Conan Doyle
Editora: L&PM Pocket
Páginas: 176
Um estudo em vermelho é a primeira história de Sherlock Holmes e o primeiro livro publicado por Sir Arthur Conan Doyle (1859-1930). Muito menos do que um livro de estreia, esta história nasceu clássica, com seu ritmo vertiginoso de suspense e mistério que consagraria seu protagonista Sherlock Holmes como o mais apaixonante e popular detetive da história da literatura.
Um estudo em vermelho propõe um enigma terrível e invencível para a polícia, que pede auxílio a Holmes: um homem é encontrado morto, sem ferimentos e cercado de manchas de sangue. Em seu rosto uma expressão de pavor. Um caso para Sherlock Holmes e suas fascinantes deduções narrado por seu amigo Dr. Watson, interlocutor sempre atento e não raro maravilhado com a inteligência e talento do detetive.

Sempre tive a vontade de ler as aventuras do detetive mais famoso do mundo, Sherlock Holmes. A primeira história publicada de Sir Arthur Conan Doyle, me deixou fascinado. A inteligência de Holmes deixa qualquer um impressionado. Em Um estudo em vermelho, Holmes conhece o seu companheiro, o elementar Dr. Watson, que lhe ajuda nesse caso. Para poder contar a história, o livro foi dividido em duas partes, na qual a segunda parte conta toda a história do assassino, e você fica maravilhado com a mente brilhante de Sir Arthur. Tive a sorte de ler o primeiro caso publicado de Sherlock Holmes, e se você já leu, deixa seu comentário aqui.

Comentários